Família por excelência

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Estava aqui pensando...por que
a família?
Por que justamente a família
Deus criou?
Ele começou a humanidade
pelo crivo familiar!
E ousei pensar que o Senhor
nos desejava lapidar, nos
aperfeiçoar, enquanto gente,
enquanto coroa da criação.
Que melhor poderia se ter,
para treinar a paciência, ciência
de ser homem ou mulher?
pai, mãe, irmão, avós...
Que melhor lugar existiria
para não sermos sós?
E aprendermos o convívio
em meio as lutas, as diversidades
e as adversidades?
Experimenta, porém, mexer
num membro sequer, da família?
Todos por um, nessa hora.
vai à luta, guerreia, esbraveja
se preciso for!
Nesta hora o amor aflora,
e vão-se embora as diversidades.
E fica somente a unidade de
ser família.
Família por excelência, fez
o criador. Suprema existência
em busca de resgate e semelhança
no Senhor.
Que seja esta nossa busca
eterna, do celeste:  ser família.
A família que Deus criou.
"Eu e a minha casa, serviremos
ao Senhor"!

Lute por sua família

terça-feira, 24 de abril de 2018


.
Que emoção te ferve o peito, pela familia que Deus te deu?
Será o louvor que te arde o coração... Pela gratidão do presente?
Ou o medo de investimentos em seus familiares relacionamentos?
Lute! Seja qual for  o seu motivo. Lembre de quem lhe projetou, lhe comissionou, lhe ofertou uma família. Lembre que nela tudo ele aposta. E mais que aposta...acredita. E espera seu convite, para fazer parte dela! Lute. Lute...lute!!!  Pense na bênção de fazer parte da sua família. Pense que lutar nem é tão... Tão difícil e sobrenatural assim. Às vezes... Ele só está esperando que você olhe para cada rosto dos seus. Volte ao espelho...e consiga dizer: obrigada, senhor! Por ter confiado em mim...
Deixa eu te dizer: Ele é quem peleja. A ti cumpre obedecer.
E agradecer.

   Anedy Belisário

Que nome darei?

Esse tempo que chamam de novo...
E de novas as impensadas e imaturas atitudes, eu chamarei de ...
Insensatez!
E nem sei que nome dar, ao descaso com que nos tratam essa juventude de hoje.
E a isso. Por mais que fuja ou queira fugir, só tem um diagnóstico; falha de educação... Resultado do medo  e da fragilidade paterna, de ensinar a partir de nãos.
E não existe certamente acertos, sem erros prováveis.
Será possível, retroagir? Resgatar?  Repensar a educação?
Temo só dizer, que o tempo não dá retrocessos. Nem é virtual!
A única certeza boa, é que todo dia...a gente pode recomeçar. E tentar melhorar o presente. Hoje é dia que recebemos. Vamos nos validar🤗?
Abraço. Braço e aço de amor!
   Anedy Belisário

ARTE

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Ah, a arte!
Ela traz dentro de si,
o ar que gera a vida
da alma, do artista.
Ar, a ti!
Seja feita a tua vontade!
Derivando palavras
dentro da própria arte,
fiz a travessura de
descobrir o verbo ter,
no futuro:e terás sucesso,
paz e muita inspiração!
Para pintar de cores vivas...
o ar,a terra,a vida.
Que celebres o casamento
entre palavras e tintas
e faça extinta toda oposição
a arte!Viva a arte viva!


Justiça

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Prefiro pensar na justiça
como uma mãe que protege
e que por isso às vezes,
tem que ser muito dura!
Mas também penso nela...
como luta. Ela sempre me lembra
a dor pela igualdade.
Diante deste cenário de hoje
eu me pergunto só onde ela
está. Se pelas praças vejo
indiferença, e até a crença
de que nada mudará.
Como a esperança mora
em mim, sigo gritando:
JUSTIÇA! JUSTIÇA!
JUSTIÇA! JUSTIÇA!

Tolerância

Gritem pela paz, clamem a paciência!
Ditem às ciências, novo rumo!
Que se volte a caminhos, à procura
do amor. Tenho para mim, que
se encontrado, outra vez retornaria
a paciência, a tolerância, e a visão
do outro! E outra vez nos abraçaríamos
como quem tem sede de presença.
E daríamos adeus a solidão
E a Deus, daríamos a nossa gratidão!

Ética e Moral

Não sei se estou na terra
ou se é erro de visão.
Só vejo choro,
violência e solidão.
Espancaram a esperança
levaram embora a moral.
A ética tão elegante
faceira perspicaz
já não consegue abraçar
a ideologia de meu país!
Eu vou lá e cá. passo outra vez
não encontro lugar.
Onde esconderam a pureza
do olhar das crianças?
onde jogaram a inocência
das paqueras, que hoje só ficaram...
Menos o amor.
Onde estou? cadê meu país,
 meus jovens e o carnaval de outrora?
Vamos embora, "que esperar
não é saber"!

Tecnologia do Blogger.
 
any, a poetisa © Copyright | Template By Mundo Blogger |