Nino

terça-feira, 14 de junho de 2016

Eu queria te saber aqui

e poder dizer que  a violência
não te arrastou de nós!
Mas os nós da adversidade
não se desamarram assim.
Vou ter que ficar com o teu
sorriso desenhado na lembrança
como herança do que passou.
E o terrorismo que te roubou

de nós...será desmascarado.
E escravizado. Levaste nosso
abraço? Deixaste um legado
sem fim, que te garante

eternidade entre nós. Esta,
na sabedoria do tempo,
desatará todos os nós.

4 Comentários:

Anedy Belisario disse...

Amigo! Como lutar sem você? E nosso grito de guerra pela justiça na educação? Você era mais um...E agora?

Epitácio Carvalho disse...

Linda homenagem, Anedy! A poesia também é um remédio para aplacar as dores das perdas.

JUSSARA BORGES disse...

Any, sua poesia também é uma forma de luta. Que Deus te abençoe cada dia mais.

Anedy Belisario disse...

Obrigada! Você é muito especial, querida!

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.
 
any, a poetisa © Copyright | Template By Mundo Blogger |